Bem-vindos ao nosso blog!

EU QUERO PLANEJAR A MINHA CARREIRA! Cadastre-se e tenha acesso a todas as nossas informações.

 
 

Não quero, obrigado.

As Viagens Que A Biomedicina Me Proporcionou - Coaching para Biomédicos com Marcos Schott

As Viagens Que A Biomedicina Me Proporcionou

Autoconhecimento , Biomedicina , Carreira , Coaching | Por: | 21 mar 2016 | 0 Comentário

 

A Biomedicina me proporcionou viajar a lugares do Brasil que provavelmente eu nunca teria ido na minha vida. Não foi total acaso. Quando entendi que viajar era um valor muito importante para mim, não só pessoal, mas também profissionalmente, comecei a buscar por maneiras que me permitiriam ir mais longe. Foram 7 estados e 14 cidades nesses 4 anos de DPCB.

O DPCB - Direcionamento e Planejamento de Carreira é uma dinâmica baseada em Coaching que criei para unir as duas áreas que que mais impactaram minha formação profissional: a Biomedicina e o Coaching. Depois de me formar, comecei meu próprio negócio com parceiros em uma clínica de medicina do trabalho. Estava naquela época em processo de descobrimento das minhas preferências, do meu perfil e do que eu realmente eu queria atingir na minha vida. Parei de trabalhar na clínica para me dedicar ao Coaching e isso me afastou por algum tempo da Biomedicina.

Este distanciamento me causou um certo desconforto. Alguns colegas me perguntavam se eu tinha largado da Biomedicina. Essa transição me fez pensar se não havia uma maneira de conciliar essas duas áreas. Pensei muito. Surgiu então o DPCB e lancei a ideia para todas as universidades do Brasil que ofereciam o curso já regulamentados pelo MEC. Logo no primeiro semestre fechei com algumas.

A primeira viagem foi para a Bahia, um estado riquíssimo em cultura onde a Biomedicina tem se desenvolvido de forma exponencial em áreas como imagenologia. Tive o prazer de ministrar o primeiro DPCB, o piloto, em Governador Mangabeira, uma cidade satélite de Salvador. foram aproximadamente 100 pessoas nesse primeiro encontro. Lá eu percebi que tinha algo valioso a compartilhar, algo que poderia mudar a vida de vários futuros profissionais positivamente. Ainda na Bahia, fizemos o DPCB em Salvador e em Paulo Afonso.

Outro estado que tem sido importante é o Paraná. Cascavél, União da Vitória, Maringá e Campo Mourão já foram palco para o DPCB. Percebo uma Biomedicina muito sólida por lá. Muitas universidades com cursos bem estruturados, instalações de primeira, bem como várias linhas de pesquisa em mestrados e especializações. Antes de conhecer o estado, ouvia muito que os nativos não eram tão abertos pro pessoal de fora. Não foi o que senti. Fui sempre muito bem recebido em todas ocasiões. Moraria facilmente lá.

Minas Gerais é bão demais! Já tinha ido à Belo Horizonte a passeio, mas foi Uberlândia que fez eu me apaixonar pelo lugar e pelas pessoas. Literalmente. Foi lá que dei minha primeira palestra em uma universidade federal. Isso pode não parecer nada de especial, mas pra mim foi. Sem falar que todo o evento naquela ocasião, o I Congresso Internacional de Ciências Básicas da Saúde, foi muito bem organizado e realizado pelos alunos. Além de levarem a Biomedicina muito a sério, a galera lá sabe como recepcionar e entreter as pessoas.

Outro congresso irado foi em Dourados, no Mato Grosso do Sul. Um mega evento multidisciplinar na área da saúde. A cidade é um dos maiores pólos da área no estado. Conheci profissionais excelentes, tanto da Biomedicina como da Farmácia, Fisioterapia, Estética. Fiz grandes amizades e espero voltar em breve! Talvez eu estique a viagem na próxima vez para dar um pulo em Ponta Porã para fazer umas compras, já que o tempo estava curto naquela ocasião.

Aqui no Rio Grande do Sul, apesar de termos quase 20 instituições que ofertam Biomedicina, tive a oportunidade de levar meu trabalho para apenas 4 delas. Talvez aquele ditado: "Em casa de ferreiro o espeto é de pau" faça algum sentido. Novo Hamburgo, Canoas, Santo Ângelo e Bento Gonçalves são referência na área. A busca pelo fortalecimento de outras habilitações além das análises clínicas é muito grande, tornando a Estética como grande diferencial com excelentes programas de especialização.

Já em São Paulo, tive a honra de participar de um dos maiores eventos do Brasil da nossa área, o Encontro Nacional de Biomedicina. Aconteceu em Botucatu. Antes de ir pra lá, eu estava em Guarulhos e lembro que fiquei 5 horas na estrada, junto com o motorista do evento e outra palestrante. Mas o cansaço se cura com descanso e depois de uma boa noite de sono, realizei uma das palestras mais importantes da minha carreira.

Essas viagens me marcaram. Fizeram parte da minha construção e do meu trabalho. Conheci lugares e pessoas incríveis e hoje, por mais que a gente não possa ter certezas a longo prazo, tenho a certeza que tenho que continuar a minha missão de vida. Ajudar pessoas a se desenvolverem em todos os sentidos. E se isso me proporcionar viajar para novos lugares, aí sim vou me sentir realizado e bem sucedido. Se você acha que o DPCB pode ser interessante na sua instituição, seja como palestra, mini-curso ou curso, clique aqui. Obrigado Biomedicina e até a próxima viagem!

 

Grande abraço,

Marcos Schott

Criador do DPCB

QUERO PLANEJAR A MINHA CARREIRA! Clique aqui para começar AGORA!

COMPARTILHE


Sobre o Autor


Foto Autor

Marcos Schott

Minha missão de vida é ajudar pessoas a desenvolverem-se pessoal e profissionalmente e espero poder ajudar você também! [Saiba mais]

Paginação entre posts

Comentários


Deixe o seu comentário