Bem-vindos ao nosso blog!

EU QUERO PLANEJAR A MINHA CARREIRA! Cadastre-se e tenha acesso a todas as nossas informações.

 
 

Não quero, obrigado.

8 Semelhanças Entre o Pesquisador e o Empreendedor - Coaching para Biomédicos com Marcos Schott

8 Semelhanças Entre o Pesquisador e o Empreendedor

Biomedicina , Carreira , Empreendedorismo , Motivacional | Por: | 19 nov 2016 | 0 Comentário

 

Essa semana tive o prazer de visitar Porto Velho, em Rondônia. Tive a oportunidade conhecer um pouco desta cidade histórica. Motivo da viagem: ministrar o minicurso do Coaching para Biomédicos na Semana Acadêmica de Biomedicina do Centro Universitário São Lucas a convite da coordenadora do curso.

A Dra Flávia Serrano Batista e sua aluna Flávia Fernandes me levaram para conhecer diversos pontos da cidades. Fiquei impressionado com a produção científica realizada nas instalações do Instituto de Pesquisa em Patologias Tropicais - IPEPATRO, na Fiocruz e no Centro de Pesquisa em Medicina Tropical - CEPEM.

Conheci diversas pessoas que trabalham diretamente com a pesquisa. Foi inspirador ver aquela galera trabalhando e tendo resultados super relevantes na área de diagnóstico e tratamento de doenças que acometem a região e os pacientes do CEMETRON. Tem uma galera muito boa trabalhando lá com muito pouco recurso e uma estrutura muito singela.

Esse contraste me fez pensar em como a vida dos pesquisadores, principalmente a dos que não estão nos grandes centros do país, é muito dura. Vendo de perto essa realidade, não pude deixar de perceber uma grande similaridade entre o pesquisador e o empreendedor. Seguem alguns dos pontos que mais me chamaram a atenção.

1. Planejamento é fundamental. Assim como o pesquisador precisa montar um projeto de pesquisa antes de começar a ir atrás de seus resultados, o empreendedor monta o seu plano de negócios. É muito fácil desviar do objetivo principal durante o processo e ter um plano bem estruturado nos ajuda a seguir na direção certa.

2. Sair do planejamento. O planejamento é fundamental, entretanto conforme vamos caminhando com o projeto, é bem normal termos que realinhá-lo. São inúmeras as razões que podem nos fazer adaptar nosso planejamento. É preciso ser flexível, pois como diz Bauman, vivemos em tempos líquidos e temos que aprender a sermos flexíveis e fluídos conforme as constantes mudanças que acontecem no nosso dia-a-dia.

3. Persistência. O sucesso na produção de um novo produto/serviço ou de uma pesquisa é composta por uma sucessão de "pequenos fracassos". Se não formos persistentes e não tivermos um propósito bem definido, a chance de desistirmos aumenta, e muito.

4. Aprender com os erros. Cada tropeço é uma oportunidade de aprender e fazer melhor. Não atingir o resultado esperado também é um resultado, uma lição.

5. Sonhadores. Tendo contato com uma galera que empreende e agora com esses grandes pesquisadores, percebo que ambos querem mudar o mundo, o seu mundo.

6. Trabalho em equipe. Ter uma boa equipe multidisciplinar e multitarefa é fundamental. Conhecimento técnico e teórico é importante, porém o que prevalece é o caráter e comprometimento de cada um.

7. Saber se vender. O que não nos ensinam na escola e na universidade é que todos nós temos que aprender a vender. a nos vender. Assim como o empreendedor que busca um investidor, um parceiro chave, um sócio, clientes e tem que ter seu pitch muito bem afiado, o pesquisador precisa apresentar seu trabalho no maior número de eventos que puder, buscar recursos e editais de fomento à pesquisa.

8. MVP - Mínimo valor possível. Todo início é duro. Não ter o budget ideal não é desculpa para não começar a fazer. Comece com o mínimo necessário para tirar suas ideias do papel.

Espero voltar em breve para esta cidade que me despertou tantos questionamentos e insights. Enquanto isso não acontece, sigo meu caminho rumo a São Paulo. Vou ter a honra de ministrar o minicurso de Coaching para Biomédicos no Instituto de Ciências Biomédicas da USP para os pesquisadores/empreendedores de lá. Não sou pesquisador, mas saber que pude contribuir no desenvolvimento pessoal/profissional desses cara é extremamente gratificante.

Um abraço,

Marcos Schott

Criador do DPCB

QUERO PLANEJAR A MINHA CARREIRA! Clique aqui para começar AGORA!

COMPARTILHE


Sobre o Autor


Foto Autor

Marcos Schott

Minha missão de vida é ajudar pessoas a desenvolverem-se pessoal e profissionalmente e espero poder ajudar você também! [Saiba mais]

Paginação entre posts

Comentários


Deixe o seu comentário